Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


01
Set15

O primeiro dia de aulas.

por Blog*da*Mary

Ainda me lembro do meu primeiro dia de aulas, tinha apenas 5 anos.

Não sei que dia do mês era, nem se estava a chover, mas lembro-me da minha Mãe ter comprado uma mochila bonita e roupa nova.

Por incrível que pareça também não me lembro quem me foi levar à escola, mas ou foi a minha Mãe, ou um dos meus dois irmãos que ainda viviam lá em casa. Lembro-me perfeitamente da sala de aula, da professora e de algumas das colegas que já estavam sentadas. Olhei para todo lado e só tive uma certeza, "aqui não fico"!!! Armei a maior birra que consegui e quando percebi que nada funcionaria e que teria que ficar ali, fiz com que pelo menos a decisão final fosse à minha maneira (dizem que ainda hoje as coisa são mais ou menos assim)... fiquei numa mesa com mais duas colegas, no meio delas sentia-me protegida porque já as conhecia. Olhava para a esquerda e lá estava a Rute, olhava para a direita e lá estava a Sílvia,pronto, era só gente conhecida , que maravilha!! Ainda hoje em dia tenho este "síndrome de avestruz" , enterro a cabeça na areia e acredito que ninguém me está a ver, olho para o lado da rua mais florido e é tudo maravilhoso,só vejo o que quero ver...só vejo o que me faz sentir segura e alegre. Olho para o mau, triste e feio quando sei que posso melhorar, só por curiosidade e compaixão não me apetece!

Bom, mas por lá fiquei um dia inteiro, na sala de aula com as minhas amigas e a minha professora... não ouvi nada do que ela disse, estive a fazer aviõezinhos com a minha caneta e uma régua, encaixava a régua na tampa da caneta e esticava o braço para o avião voar...e me levar dali para fora, para casa, onde estava a minha Mãe e irmãos.

Não sei como correram os dias seguintes, mas ainda me lembro do entusiasmo a escolher os lanches e a lancheira, e de muitas brincadeiras naquela escolinha onde muitos anos mais tarde voltei a sentar-me, desta vez a assistir ao estágio de colegas e onde tudo parecia agora tão pequenino.

Muito tempo depois votei a assistir ao primeiro dia de aulas de outras crianças, fosse eu a estagiária ou a docente, Mães que choram, Mães que não conseguem ir embora, Mães que ficam à porta a espreitar, Mães que desistem e os levam de volta para casa, Mães que nem olham para trás para não tornar a coisa mais complicada, Mães que se sentem culpadas, Mães que se sentem aliviadas, Mães que sofrem com a saudade, Mães que morrem de preocupação, Mães que são Mães e que são humanas...

Eu na altura achava que sabia o que elas sentiam, hoje sei que apenas imaginava...

Passei as férias todas a pensar nisso, a olhar para a minha filha e a imaginar como seria esta nova etapa, tudo mudará a partir de agora, os horários, as rotinas, já não sou a única Educadora de Infância que fará parte da vida dela. Terei que dar continuidade ao trabalho da colega, respeitar o seu método e no entanto continuar a ser a Mãe que tenho sido. Já preparei as roupinhas dela, bonitas mas funcionais, nada de jardineiras que dão uma trabalheira para ir fazer "xixi"... o Pai foi escolher um perfume novo, já não pode usar a colónia de bebé, começa uma nova fase a nossa menina, uma fase que queremos perfumada...

Enquanto os meninos dormiam a sesta e depois de ter tratado da roupa e de tudo o que era preciso levar para a escola comecei a maratona de leitura, tudo o que aparecia sobre "primeiro dia de aulas", "o que evitar no primeiro dia de aulas", "primeira vez no jardim de infância", (...), sabemos que não há receitas, mas também sabemos que aprendemos sempre mais qualquer coisa num novo artigo.

Deitou-se mais cedo do que habitualmente, eram 8:30 já estava na caminha a nossa menina e eu...eu estou aqui a escrever, a imaginar o que sentirei amanhã...Já é uma da manhã.

 

E o amanha que é hoje começou para mim por volta das 6.00, à espera que o despertador desse sinal deste novo dia. Eram 7:30 quando ela se levantou, tomou banho, escolheu o pequeno almoço "torradinha e leitinho", vestiu um vestido novo, colocou a mochila e pediu perfume. Pegou no seu novo dossier e começou a ficar ansiosa. E lá fomos os três de mãos dadas até aquele sitio maravilhoso... A educadora elogiou os olhos dela, ela ficou envergonhada, estendeu-lhe a mão e foram as duas, e ela nem olhou para trás...dizem os entendidos que as crianças que conseguem separar-se facilmente dos seus Pais são as que mais certezas têm do seu amor , são as que mais segurança sentem de que os seus Pais voltarão para a buscar...espero que sim...

E eu chorei, de emoção, por ela ser tão especial e porque já tinha saudades...

11954776_10206104795993727_5156464445202356775_n.j

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


marguiv


marguiv


marguiv

Comentários recentes

  • Blog*da*Mary

    não percebi

  • Jorge

    É um adeus definitivo ou ainda existe a esperança ...

  • Calipso

    Está enorme! espero que esteja a correr bem. Há b...

  • Marta Moura

    Que fofa! :)

  • Ana Mota

    Concordo. Eu só compreendi por inteiro algumas sit...

  • Ana Mota

    Vai melhorar com toda a certeza! A MM tb está numa...

  • Ana Mota

    Dói ler estes relatos. Sinto-os. É muito difícil p...

  • Blog*da*Mary

    Obrigada Joaninha pelo carinho, estou aqui a conta...

  • Joana

    Pois é minha querida. Ainda bem que ela foi com a ...

  • omeumaiorsonho

    Lol até a mim deu me graça , imagino a cara do rap...

  • Blog*da*Mary

    As crianças são a melhor coisas do mundo...a segun...

  • Blog*da*Mary

    ui...e agora!!!!????!!!!

  • Angela

    Olha eu hoje consegui ser sincera ao dar a minha o...

  • Angela

    Ai que delícia a partilha destas desventuras da tu...

  • Anónimo

    Sempre à ordens, estou cá para isso! Sempre que pr...

  • Blog*da*Mary

    Não, estava convencida de que o facebook é o blog ...

  • Ana Mota

    Acho que fazes muito bem em registar as pérolas da...

  • Taras e Manias

    Não tens ar de inconveniente :)Sóniawww.tarasemani...

  • AMORXU

    olá :ppultimamente tenho estado sempre no teu blog...

  • Blog*da*Mary


marguiv


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D





Calendário

Setembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930